22 de Outubro de 2021

'Traição' de deputado baiano no voto da PEC do MP teria surpreendido Lira, diz jornal

'Traição' de deputado baiano no voto da PEC do MP teria surpreendido Lira, diz jornal

Entre "traições" de deputados de diversos partidos que indicaram o voto na PEC que modificava a composição do Conselho Nacional do Ministério Público, um chamou a atenção do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).
 
Segundo o jornal Folha de S. Paulo, Antônio Brito, líder do PSD na Casa, não seguiu a orientação do partido e votou contra a proposta.
 
Nem mesmo os progressistas foram totalmente fieis ao colega, já que 85,7% seguiram Lira. Entre os partidos que orbitam na Câmara em torno de Lira, o mais infiel foi o PSDB, que liberou a bancada teve 67,7% que votaram contra a proposta e a favor das teses dos procuradores.
 
Ainda de acordo com a publicação, no ranking dos "traidores" vêm as bancadas do Podemos (50% contra a proposta de Lira e 50% a favor), do Pros (50% contra Lira e 40% a favor), do Patriota (50% contra e 33% a favor) e do PSL (48% contra e 42% a favor). Dos partidos alinhados com Lira e Jair Bolsonaro (sem partido), os mais fieis depois do PP foram o PTB de Roberto Jefferson (80% com o presidente da Câmara e 10% contra) e o PL (72% a 16%).
 
Já o PT votou em peso na proposta com 96,2% da sua bancada sendo favorável a mudança na fiscalização do MP.
 
Com 297 votos favoráveis e 182 contrários a proposta foi reprovada pela Câmara. Eram necessários 308 votos para a aprovação.


Tags Relacionadas

traição, deputado, baiano, voto, pec, teria, surpreendido, lira, diz, jornal,

Últimas notícias