17 de Maio de 2021

Técnico do Bahia de Feira lamenta empate no primeiro jogo da final, mas destaca equilíbrio

Técnico do Bahia de Feira lamenta empate no primeiro jogo da final, mas destaca equilíbrio

O Bahia de Feira quase venceu o primeiro jogo da final do Campeonato Baiano. Com o resultado de 2 a 2 contra o Atlético de Alagoinhas decidido nos momentos finais, o técnico Oliveira Canindé destacou que a equipe lamentou o deslize de permitir a reação do adversário. Entretanto, o técnico também comentou que o placar final e as condições de jogo mostraram o quanto a disputa para ser campeão está acirrada.  
"Nós já chegamos até a lamentar por deixamos escapar uma vitória certa pelo tempo de jogo, já quase se esgotando, e tomamos um gol no finalzinho. Isso, querendo ou não, deixou a gente um pouco irritado, mas entendemos perfeitamente toda situação, tudo que envolvia a partida e a responsabilidade aumenta ainda mais, porque vem aqui para dentro de casa", admitiu o técnico do Tremendão. 
 
"Um jogo muito difícil, campo muito molhado, muito pesado o gramado, mas as equipes se superaram fazendo um jogo que é condizente com uma decisão", completou.
 
Para o treinador do Bahia de Feira, a decisão levada até os últimos segundos prova a disputa acirrada e a qualidade equivalente entre os adversários.
 
"Isso mostra o quanto as equipes são equilibradas tecnicamente. São duas equipes que chegaram bem, acho que mostraram nesse primeiro jogo que estão praticamente no mesmo patamar ou no mesmo patamar", comentou Oliveira Canindé.
 
Diante de todo o suporte que o grupo vem recebendo, o técnico destaca que superar o adversário na decisão será uma maneira de retribuir o suporte e não imagina outra maneira de fazer isso. 
 
"Nós precisamos fazer a nossa parte e espero que nós façamos bem porque temos um apoio de todos aqueles que comandam o clube e que acreditam em todos nós e nós precisamos de alguma maneira, ou da melhor maneira possível, retribuímos essa confiança com disposição, coragem, muita personalidade para buscarmos o resultado. E que seja o resultado que nos colocará na posição de vencedores. Não tem como ser diferente disso", finalizou.
 
O duelo decisivo está programado para o próximo domingo (23), às 16h, na Arena Cajueiro. Como o primeiro duelo terminou em empate, uma das equipes precisa vencer para levar o título.


Tags Relacionadas

técnico, bahia, feira, lamenta, empate, primeiro, jogo, final, mas, destaca, equilíbrio,

Últimas notícias