06 de Dezembro de 2021

Sem vaga para o Senado, Pazuello deve focar em candidatura à Câmara dos Deputados

Sem vaga para o Senado, Pazuello deve focar em candidatura à Câmara dos Deputados

Depois de uma passagem conturbada pelo Ministério da Saúde entre setembro de 2020 e março deste ano, o ex-ministro Eduardo Pazuello anunciou para apoiadores que deve candidatar a deputado federal pelo Rio de Janeiro no próximo ano. 
 
Conforme adiantou a colunista de O GLOBO, Malu Gaspar, o general da ativa deve buscar pelo cargo pelo Partido Liberal (PL). Mas o militar só deve se filiar a sigla depois que entrar para a reserva. 
 
Nos últimos meses, o ex-ministro avaliava se seria viável concorrer a uma vaga no Senado. No entanto,  a boa avaliação do vice-presidente Hamilton Mourão para a vaga de governador do Rio de Janeiro, fez com que o militar repensasse a sua candidatura ao Senado.
 
Isso porque há, de acordo com a colunista, um acordo firmado entre Mourão e o governador do Rio, Cláudio Castro (PL), para buscar uma composição de forças em 2022. Como Castro já anunciou que vai se candidatar à reeleição, caberia a Mourão tentar uma vaga no Senado e não mais ao governo, não sobrando assim, espaço para o ex-ministro da saúde. Sem espaço no Senado, sobrou para o ex-ministro a Câmara dos Deputados. 
 
Eduardo Pazuello foi exonerado sob fortes críticas à sua condução da pandemia da Covid-19 enquanto esteve a frente do ministério. Desde o mês de junho deste ano, o militar ocupa o cargo de secretário de Estudos Estratégicos da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos, vinculada à Presidência da República. De acordo com o governo federal, trata-se de um cargo comissionado de Direção e Assessoramento Superior (DAS).


Tags Relacionadas

sem, vaga, para, senado, pazuello, deve, focar, candidatura, câmara, dos, deputados,

Últimas notícias