PSOL quer CPI para investigar depósitos de Queiroz na conta de Michelle Bolsonaro

08 de Agosto de 2020
PSOL quer CPI para investigar depósitos de Queiroz na conta de Michelle Bolsonaro
A bancada do PSOL na Câmara dos Deputados iniciou o recolhimento de assinaturas para tentar instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigue os depósitos feitos pelo ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), Fabrício Queiroz, na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro. 
 
Reportagem publicada pela revista Crusoé revelou que Michelle recebeu R$ 72 mil em cheque em sua conta, depositados entre 2011 e 2018, conforme apontou a quebra de sigilo bancário de Queiroz (veja aqui). 
 
No requerimento, os parlamentares do partido argumentam que "é preciso investigar, através desta CPI, se houve a obtenção ilícita de recursos pelo presidente da República através da primeira-dama, Michelle Bolsonaro".
 
O documento ainda afirma que a comissão deverá apurar "se Michelle Bolsonaro tem sido utilizada como "laranja" para as atividades criminosas do Presidente da República e sua prole".
 
Para que a CPI seja criada, é necessário que o requerimento seja assinado por pelo menos um terço dos parlamentares da Câmara (171 deputados). Preenchidos os requisitos, caberá ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), determinar se instaura a comissão ou arquiva o pedido.
|