Prata no boxe do Pan, baiano vibra com conquista: 'Fruto de muito trabalho'

Postado dia 02 de Agosto de 2019
Prata no boxe do Pan, baiano vibra com conquista: 'Fruto de muito trabalho'
O Brasil conquistou duas medalhas de prata no boxe dos Jogos Pan-Americanos, na noite desta quinta-feira (1º), em Lima, no Peru. Uma delas foi no feminino, na categoria até 57kg, com Jucielen Romeu, que foi derrotada pela argentina Leonela Sanchez. Já a outra conquista foi do baiano Keno Marley Machado, que foi superado pelo cubano Julio César La Cruz, no masculino até 81kg. Apesar do revés, ele vibrou com a conquista do vice-campeonato.   "Trabalhamos bem forte, mas infelizmente a vitória não veio. Só tenho a agradecer a todos que me apoiaram. Cada atleta tem o seu estilo e todos são difíceis. Essa medalha é muito importante para mim e é fruto de muito trabalho meu e de toda a minha comissão técnica", afirmou.   Nascido em Conceição do Almeida, Keno Marley Machado, de 19 anos, é uma das promessas do boxe da Bahia. Ele treina em São Paulo e foi campeão dos Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires 2018. O jovem pugilista fez uma boa luta com La Cruz, que é tetracampeão mundial e campeão olímpico na Rio 2016. O combate equilibrado foi vencido pelo cubano por conta da maior ofensividade. No entanto, Keno foi aplaudido quando deixou o ringue. Jucielen Romeu | Foto: Foto: Wander Roberto / COB