Planalto cancela nomeação de secretária de Diversidade Cultural indicada por Regina

Postado dia 10 de Março de 2020
Planalto cancela nomeação de secretária de Diversidade Cultural indicada por Regina
Expondo ainda mais o impasse entre os interesses políticos e ideológicos do governo e a "carta branca" dada pelo presidente Jair Bolsonaro a Regina Duarte, o Palácio do Planalto cancelou, na noite desta segunda-feira (9), a nomeação de Maria do Carmo Brant de Carvalho da Secretaria de Diversidade Cultural.  De acordo com informações do Estadão, ela, que foi nomeada na última sexta-feira (6) por Regina e nem chegou a tomar posse, é filiada ao PSDB desde 1989 e já integrou o governo de Michel Temer como secretária nacional de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, recomendada por Osmar Terra. Segundo a publicação, Maria do Carmo atuou ainda como coordenadora da área social do programa de governo do então candidato à Presidência, Aécio Neves. No fim da tarde desta segunda (10) saiu uma edição extra do Diário Oficial da União, tornando sem efeito a nomeação da funcionária. O ato foi assinado pelo ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, e foi visto como uma resposta de apoiadores de Bolsonaro da ala olavista, após entrevista de Regina Duarte, na qual ela critica uma "facção" no governo que quer minar seu trabalho na Secretaria Especial da Cultura (clique aqui). A assessoria da pasta, no entanto, informou que o cancelamento se deu por "entraves burocráticos" e não respondeu se Maria do Carmo poderá ser reconduzida ao cargo.
|