PF desloca 160 agentes para fazer segurança de presidenciáveis

Postado dia 10 de Agosto de 2018
PF desloca 160 agentes para fazer segurança de presidenciáveis
Com 13 candidatos na disputa pela Presidência da República, a Polícia Federal (PF) encontrou dificuldades para garantir a segurança de todos eles até o dia 7 de outubro, no primeiro turno das eleições. Depois de dizer que não há estrutura para cobrir todos os presidenciáveis o tempo todo, o ministro Raul Jungmann disse que 160 agentes foram deslocados para essa função.   Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, um estudo vai avaliar o risco corrido por cada um dos candidatos e aqueles em situação mais arriscada serão escoltados por um número maior de agentes. Eles também vão usar carros blindados.   De acordo com a publicação, o líder do Movimentos dos Trabalhadores Sem Teto, Guilherme Boulos (PSOL), será o primeiro a ser procurado pela PF para discutir o assunto.
|