Peste suína na África pode aumentar venda de carne de porco para China

Postado dia 22 de Maio de 2019
Peste suína na África pode aumentar venda de carne de porco para China
A peste suína africana refletirá em um aumento das vendas da carne do porco para brasileira aos países asiáticos, principalmente a China. A analise foi feita pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa),Tereza Cristina, na audiência pública na Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (22).   "Hoje, por causa da peste africana, os chineses precisam importar muita carne suína", disse a ministra que retornou de viagem à Ásia, onde passou por Japão, Vietnã, Indonésia e China. "E a quantidade que eles [chineses] precisam de carne suína, o mundo inteiro, junto, não tem condições de suprir. Se tivermos juízo e cumprirmos o que está no protocolo, teremos muito mercado", acrescentou.   No primeiro trimestre de 2019, as vendas de soja triturada do Brasil para China (US$ 4,75 bilhões) corresponderam a 9% do valor arrecadado com o total de exportações (US$ 52,6 bilhões). No período, de cada US$ 100 que o país captou com a venda do produto em todo o mundo, US$ 77,48 vieram da China, segundo a Agência Brasil.
|
Tags Relacionadas: peste, suína, África, pode, aumentar, venda, carne, porco, para, china,