23 de Fevereiro de 2021

Para tentar driblar a falta de leitos de UTI Covid, Camaçari deve abrir novas vagas até quinta

Para tentar driblar a falta de leitos de UTI Covid, Camaçari deve abrir novas vagas até quinta

Após anunciar a ocupação total dos leitos de tratamento intensivo (UTI) destinados à Covid-19 e o colapso no sistema de saúde da cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), por conta do aumento vertiginoso do índice de contaminação, o secretário de saúde Elias Natan disse da necessidade de se reativar Centro Intermediário de Enfrentamento ao Coronavírus (CIEC) e da situação alarmante em que o município vive que tem feito com que medidas mais restritivas sejam adotadas. 
 
à imprensa, o secretário revelou nesta segunda-feira (22), não ter mais leitos e pontos de oxigênio disponíveis para a população (lembre aqui). O gestor ainda falou da necessidade de se fazer uso de cilindros para atender a demanda, já que não há mais pontos do insumo nas unidades de saúde.
 
Para tentar driblar a situação, Natan explica que a cidade deve abrir até a próxima quinta-feira (25), outros cinco leitos no Hospital Santa Elena. "Neste hospital, que é privado, temos dez leitos de UTI contratualizados exclusivamente para a prefeitura, iremos ampliar em 50% essa capacidade. Ou seja, vamos abrir mais cinco leitos de UTI", disse. 

Ainda de acordo com o gestor, o município lançou um edital para reabertura de outros 20 leitos nos próximos 15 dias. "A nossa pretensão é de que o Centro Intermediário de Enfrentamento ao Coronavírus (CIEC) tenha a porta aberta para atendimento de pacientes sintomáticos. A previsão é que daqui há quinze dias teremos mais esse instrumento para a população. Fizemos credenciamento para mais cinco leitos de UTI e dez de clínica médica que neste momento serão utilizados para a pandemia, posteriormente serão utilizados no município para tratar outras patologias", explicou.  
 
No último final de semana foi necessária a ampliação de uma das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da cidade para atender à demanda de pacientes que buscavam o serviço. "Colocamos uma estrutura móvel que deve estar disponível par a população a partir de amanhã [nesta terça-feira (23)] para aumentar a estrutura física para criamos entre poltronas e leitos, 14 a 18 novas vagas. É uma forma de acomodar essas pessoas", disse. 

O secretário fez o alerta de que a cidade vive o pior momento da pandemia. "Estamos tendo um número significativo de casos novos desde a semana passada. Chegamos a ter em apenas um dia a confirmação de 300 casos novos através das testagem que temos realizado. Isso é muito preocupante já que os sistemas de saúde e as unidades estão acima da sua capacidade de internamento e atendimento", disse.
 
Também para tentar conter o avanço do vírus, neste domingo (21), passou a vigorar no município um decreto que determina o fechamento das praias, praças, eventos públicos e  parques por 15 dias inicialmente. "Mas a informação que temos dos agentes é que as pessoas estão com muita resistência. Quando a equipe está presente elas saem da praia, mas quando a equipe se afasta as pessoas retornam. Falta muita conscientização sobre o momento grave que estamos passando, as pessoas não mudaram ainda seu comportamento e atitude. Então precisamos cada vez mais conscientizar a população porque, embora a prefeitura tenha adotado as medidas, parte da população ainda é muito resistente em obedecer", finalizou.  
 
De acordo com o último boletim emitido pela secretaria municipal de saúde nesta segunda-feira (22), a cidade já registrou 11.433 casos da doença desde o início da pandemia. Deste total, 168 óbitos foram registrados e 1.741 pessoas permanecem doentes. 


Tags Relacionadas

para, tentar, driblar, falta, leitos, uti, covid, camaçari, deve, abrir, novas, vagas, até, quinta,

Últimas notícias