Oposição elogia Marcell diante de ataques a jornalista e deputada: 'Defensor dos animais'

25 de Maio de 2020
Oposição elogia Marcell diante de ataques a jornalista e deputada: 'Defensor dos animais'
A oposição da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) subiu em cima do muro e preferiu não comentar os episódios de agressão verbal e acusações protagonizadas pelo deputado estadual Marcell Moraes (PSDB) contra a jornalista Silvana Oliveira (veja aqui) e a deputada estadual Fátima Nunes (veja aqui) nos últimos dias.    Em nota enviada à imprensa, a bancada liderada pelo deputado estadual Sandro Régis (DEM) se limitou a elogiar a trajetória de Marcell como "defensor dos animais" e dizer que, em breve, "tudo será esclarecido"."Legítimo defensor dos animais, Marcell Moraes vive em prol desta causa. Trabalhador, sério e honesto, se notabilizou por lutar pelo que acredita de forma aguerrida, buscando sempre colocar em prática ideias e projetos", diz a bancada em nota.    Na vida pública e nos últimos meses, Marcell tem sido manchete por polêmicas e episódios de agressão física. Em meio a brigas com a vereadora Ana Rita Tavares (veja aqui), o deputado estadual agrediu o secretário de saúde Leo Prates com uma pasta (lembre aqui) e trocou socos com o colega de parlamento Eduardo Salles (leia aqui).    O deputado também foi manchete pelo episódio em que seu primo, o assessor Lucas Carvalho, alegou ter sido torturado por ordem do defensor dos animais    ANO PARLAMENTAR Além das polêmicas, Marcell tem tido uma atuação tímida na Assembleia neste ano. O parlamentar apresentou cinco propostas ligadas a entrega de honrarias, um projeto de lei e três moções. A única citação a animais no ano parlamentar de Marcell até agora são da sugestão de Comenda 2 de Julho ao cantor Adelmário Coelho e um documento protocolado na casa para mudar seu nome para "Marcell dos Animais".    O deputado ainda custou R$ 161 mil de verba pública com divulgação da atividade parlamentar, assessorias de imprensa e consultorias e faturou cerca de R$ 150 mil em salários neste ano.
|