Nilo reclama de tratamento 'desigual' na base de Rui e diz que PSD, PP e PL são privilegiados

Postado dia 18 de Julho de 2019
Nilo reclama de tratamento 'desigual' na base de Rui e diz que PSD, PP e PL são privilegiados
O deputado federal Marcelo Nilo (PSB) atacou partidos da base aliada do governador Rui Costa que fazem "jogo duplo" com o presidente Jair Bolsonaro (PSL). O ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) diz que os aliados utilizam de emendas conquistadas em votações pró-governo para injetar em prefeitos de aliados próprios. "Hoje, o PP, PSD e PL apoiam Bolsonaro em Brasília, e tem charme de ser governo do PT na Bahia. É desigualdade. É inacreditável. Enfrentar o DEM, o MDB... é natural. Mas enfrentar os próprios aliados com emendas frutos de votação do governo federal é desigual. Está muito difícil fazer política", afirmou. O parlamentar comparou o atual momento com o vivido por ele na oposição de Antônio Carlos Magalhães (ACM), época chamada de carlismo na Bahia. "Antigamente era bom fazer política no Estado. Governo ou oposição. Hoje, o estilo de fazer política na Bahia é muito pior que quando enfrentei o carlismo", contou. Para Nilo, os partidos que fazem um jogo duplo ainda gozam de "melhores secretarias e melhores espaços" na administração estadual. "Muito desigual e injusto", definiu o parlamentar.
|