Ministro confirma abertura do Sisu e pede 'desculpa pelo susto' do erro nas notas do Enem

20 de Janeiro de 2020
Ministro confirma abertura do Sisu e pede 'desculpa pelo susto' do erro nas notas do Enem
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, confirmou, por meio de vídeo em seu perfil oficial no Twitter, o início das inscrições do primeiro semestre de 2020 do Sistema Seleção Unificada (Sisu). O sistema receberá as inscrições a partir desta terça-feira (21) e segue aberto até o próximo domingo (26).    O anúncio do ministro acontece logo após a constatação de erros na correção da prova, provocados por uma inconsistência na impressão, que atingiu cerca de 6 mil inscritos. No vídeo, Weintraub, minimiza a situação e garante que "ninguém será prejudicado". Os erros foram detectados em provas aplicadas em quatro cidades nos estados de Minas Gerais e na Bahia - Alagoinhas e Viçosa.    "Menos de seis mil pessoas, concentradas em quatro cidades, em Minas Gerais e na Bahia, principalmente no segundo dia. O problema basicamente foi na hora da impressão, que a máquina pulou. Então foi um problema com a impressão da prova. A pessoa praticamente tem uma nota da segunda prova negativada e a nota fica muito baixa.O Sisu vai estar aberto no prazo que era previsto. Façam a inscrição e para quem tiver qualquer problema a gente está estendendo em mais dois dias. Termina domingo o prazo para inscrição", disse o ministro em vídeo em que aparece ao lado do presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes.    Ao final, o ministro pede "desculpa pelo susto" e sugere aos estudantes que "não se deixe levar por pessoas alarmistas".     Aos participantes do Enem 2019. O @inep_oficial avaliou todas as notas, e cerca de 6000 apresentaram inconsistências. Ninguém será prejudicado! O Sisu abrirá amanhã e terá mais dois dias além do previsto, ou seja, vai até domingo (26). Novamente, pedimos desculpas pelo susto. pic.twitter.com/zU6V4nYO1Y - Abraham Weintraub (@AbrahamWeint) January 20, 2020



|