Marido de Ivete convoca mutirão para retirada de pelotas de óleo em Praia do Forte

Postado dia 12 de Outubro de 2019
Marido de Ivete convoca mutirão para retirada de pelotas de óleo em Praia do Forte
Daniel Cady, marido da cantora baiana Ivete Sangalo, participa neste sábado (12) de um mutirão para remoção das manchas de óleo que chegaram ao litoral norte da Bahia neste fim de semana. Da Praia do Forte, o nutricionista também convocou os seguidores a participarem da ação voluntária para a limpeza da praia.    "Quero convocar a todos os moradores do litoral baiano para fazer um grande mutirão de limpeza! Neste sábado teremos diversos mutirões espalhados por todo o litoral para remoção das manchas de óleo que chegaram por aqui com força. As regiões mais afetadas até agora são as praias do litoral norte (mangue seco, siribinha, conde, coqueiro). Os órgãos públicos não estão conseguindo atuar sozinhos. Não podemos esperar!", escreveu Cady.           Ver essa foto no Instagram                   Vamos participar do mutirão! Vamos usar as redes sociais para formar grupos e ajudar na limpeza das praias. Segundo previsões de satélite, existe uma mancha de óleo de 21km2 em alto mar se descolando para o Sul da Bahia. É muito sério o que está acontecendo!! Ninguém sabe onde esse óleo vai parar. Seja um voluntário! ???????? #praialimpa Uma publicação compartilhada por Daniel Cady (@danielcady) em 12 de Out, 2019 às 10:11 PDT           Ver essa foto no Instagram                   ATENÇÃO!! A MANCHA DE OLÉO CHEGOU NA BAHIA! ???? Quero convocar a todos os moradores do litoral baiano para fazer um grande mutirão de limpeza! Neste sábado (12/10), a partir das 8 horas, teremos diversos mutirões espalhados por todo o litoral para remoção das manchas de óleo que chegaram por aqui com força. As regiões mais afetadas até agora são as praias do litoral norte (mangue seco, siribinha, conde, coqueiro). Os órgãos públicos não estão conseguindo atuar sozinhos. Não podemos esperar! Vários grupos estão se organizando e também faço parte desse movimento. Se você mora próximo a alguma praia, chame seus amigos, organize seu grupo, faça a diferença. A união faz a força! Utilizem, por questão de segurança, luvas, pás e calçados fechados, que impeçam o contato do óleo com a pele. Isso porque o petróleo pode causar problemas de saúde em caso de inalação, ingestão ou contato com a pele. O procedimento deve evitar recolher areia e outros materiais junto com as pelotas de óleo, para não aumentar o volume de lixo gerado. Em hipótese alguma o óleo pode ser enterrado ou misturado com outros tipos de resíduos. VAMOS NESSA GALERA!! CADA UM FAZENDO A SUA PARTE! LIMPE A SUA PRAIA ???? COMPARTILHEM POR FAVOR!!!! Uma publicação compartilhada por Daniel Cady (@danielcady) em 11 de Out, 2019 às 12:52 PDT   O marido de Ivete ainda lembrou que, por questão de segurança, é importante a utilização de luvas, pás e calçados fechados que impeçam o contato do óleo com a pele durante o trabalho. "Isso porque o petróleo pode causar problemas de saúde em caso de inalação, ingestão ou contato com a pele", comentou.    Confira um dos registros do mutirão que o nutricionista participa neste sábado na Praia do Forte.    Manchas de óleo com 21 quilômetros quadrados e outra de 3,3 quilômetros quadrados foram identificadas por um satélite da União Europeia se aproximando do litoral da Bahia e de Sergipe, de acordo com apuração da Folha de S. Paulo junto ao professor do curso de Oceanografia da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Pablo Santos.   A pesquisadora Olívia Oliveira, em entrevista coletiva no Instituto de Geociências da Universidade Federal da Bahia (UFBA), disse que óleo que resultou nas manchas encontradas em mais de 130 localidades do litoral nordestino tem origem da Venezuela (veja aqui). 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

ATENÇÃO!! A MANCHA DE OLÉO CHEGOU NA BAHIA! ???? Quero convocar a todos os moradores do litoral baiano para fazer um grande mutirão de limpeza! Neste sábado (12/10), a partir das 8 horas, teremos diversos mutirões espalhados por todo o litoral para remoção das manchas de óleo que chegaram por aqui com força. As regiões mais afetadas até agora são as praias do litoral norte (mangue seco, siribinha, conde, coqueiro). Os órgãos públicos não estão conseguindo atuar sozinhos. Não podemos esperar! Vários grupos estão se organizando e também faço parte desse movimento. Se você mora próximo a alguma praia, chame seus amigos, organize seu grupo, faça a diferença. A união faz a força! Utilizem, por questão de segurança, luvas, pás e calçados fechados, que impeçam o contato do óleo com a pele. Isso porque o petróleo pode causar problemas de saúde em caso de inalação, ingestão ou contato com a pele. O procedimento deve evitar recolher areia e outros materiais junto com as pelotas de óleo, para não aumentar o volume de lixo gerado. Em hipótese alguma o óleo pode ser enterrado ou misturado com outros tipos de resíduos. VAMOS NESSA GALERA!! CADA UM FAZENDO A SUA PARTE! LIMPE A SUA PRAIA ???? COMPARTILHEM POR FAVOR!!!!

Uma publicação compartilhada por Daniel Cady (@danielcady) em



|