Lei de Inovação deve ser encaminhada à Câmara de Vereadores neste mês

Postado dia 12 de Setembro de 2019
Lei de Inovação deve ser encaminhada à Câmara de Vereadores neste mês
Já existente a níveis estadual e nacional, a Lei de Inovação pode ganhar uma versão municipal em breve. Isto porque a Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis) encaminhará ainda neste mês à Câmara de Vereadores a minuta para apreciação na Casa, segundo o secretário André Fraga. "Estamos finalizando. Já fizemos uma rodada interna de diálogos com os atores do ecossistema. A gente deve encaminhar essa minuta, acredito, ainda no mês de setembro", informou. De acordo com o titular da pasta, o intuito dos propositores do projeto é criar um "legado" para que os próximos governantes aproveitem os incentivos provenientes do projeto. "O prefeito ACM Neto (DEM) é um entusiasta do tema. Acreditamos que o próximo prefeito será do nosso campo. Mas vamos ver se alguém no futuro acha isso importante. Queremos deixar o legado, trazendo incentivos, fóruns, espaços, participação, construção coletiva da própria coletiva... Salvador é a capital do Norte/Nordeste em startups. Subiu entre 2017 e 2019, exatamente no período que a prefeitura começou a fazer uma intervenção para o ecossistema de inovação", explicou. Frada ainda sinalizou que pretende ir à Câmara apresentar o texto aos parlamentares. Nas últimas semanas, após a visita do governador Rui Costa (PT) à Casa, secretários municipais passaram a visitar a CMS para apresentações de projetos, a exemplo de Léo Prates (Saúde), Sérgio Guanabara (Desenvolvimento e Urbanismo) e o vice-prefeito Bruno Reis (também secretário de Infraestrutura e Obras Públicas). "Nosso papel, enquanto gestor do Executivo, é dialogar com todos os atores, especialmente com a Câmara, pois os vereadores podem ter questionamentos, até para sancionar a lei", concluiu.
|