Isidório diz que irá implantar a 'governança criativa que servirá de modelo para o Brasil'

17 de Outubro de 2020
Isidório diz que irá implantar a 'governança criativa que servirá de modelo para o Brasil'
Durante carreata pela Cidade Baixa, neste sábado (17), o candidato à Prefeitura de Salvador, Pastor Sargento Isidório (Avante), falou do aumento da pobreza social por conta da pandemia do novo coronavírus. "Só sairemos da encalacrada COVID-19 se fortalecermos todas as nossas potencialidades estratégicas. E reerguer a economia de Salvador passa necessariamente por valorizar nossa cultura, nosso povo, em especial nossa juventude que é inteligente, conectada e capaz de prever o que ainda não conhecemos. Ou seja, temos que entender cada soteropolitano hoje como um ativo imprescindível da economia criativa", disse.
 
"Eleusa e eu estamos estudando demais este tema e já entendemos que a retomada da economia se iniciará, sobretudo, a partir de uma governança criativa, inovadora, enxuta, moderna, um programa estruturado de incentivo às startups, o que nosso plano de governo chama de Salvador Dinâmica", explicou o candidato ao Palácio Tomé de Souza
 
Para isso, ressaltou que é preciso inovar através do meio digital e com menos recursos. "Capturar a essência criativa do nosso povo e pensar em soluções novas para atrair investimentos globais, o chamado 'smart money', com foco em áreas nas quais Salvador tem maior potencial de desenvolvimento, rede de fornecedores e mão de obra especializada. Formando um ambiente digital de negócios conectando nossa capital ao Brasil e ao mundo", atentou.
 
"Temos expertise em encontrar soluções inteligentes e potencialmente continuarmos a ser um ecossistema digital fomentador da economia digital. Muitos ainda não sabem, mas segundo dados da Associação Brasileira de Startups (ABStartups), a capital baiana tornou-se a primeira cidade do Norte-Nordeste e a oitava do Brasil com maior número de startups em atuação e o Hub de Inovação Banco do Nordeste, localizado no bairro do Comércio, já atendeu mais de 400 empresas e startups na Bahia e, atualmente, abriga dez delas no espaço de coworking", finalizou.
|