Feira: Ato em defesa da educação critica gestões de governos federal e estadual

Postado dia 13 de Agosto de 2019
Feira: Ato em defesa da educação critica gestões de governos federal e estadual
Trabalhadores e estudantes protestaram nesta terça-feira (13) em Feira de Santana contra cortes na educação, reforma da previdência e perdas trabalhistas. Ao Acorda Cidade, a presidente do sindicato dos professores (APLB-Feira), Marlede Oliveira, criticou o governo Bolsonaro por ter, segundo ela, retirado R$ 1 bilhão para agradar deputados que votaram a favor da reforma da previdência. Além disso, ela afirmou que R$ 348 milhões foram tirados da educação.   Oliveira avaliou como incerto o futuro da educação no país por conta da gestão federal. Também na manifestação, o coordenador da Associação dos Docentes da Universidade Estadual de Feira de Santana (Adufs), Jucelio Dantas, disse que o dia de mobilização nacional é para mostrar a sociedade o poder de mobilização dos profissionais da educação. Dantas também aproveitou para informar que a situação das universidades estaduais é a pior possível.
|