Fábricas de Itabuna, Itajuípe e Feira vão receber R$ 45,7 milhões e gerar 235 empregos

30 de Junho de 2020
Fábricas de Itabuna, Itajuípe e Feira vão receber R$ 45,7 milhões e gerar 235 empregos
Três cidades baianas devem receber investimentos em um montante de R$ 45,7 milhões. A informação foi divulgada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE), com os protocolos de intenção assinados nesta segunda-feira (29). De acordo com a pasta, o montante tem como objetivo a ampliação de fábricas. A Cambuci, responsável pela marca esportiva Penalty, deve empregar a maior fatia da soma [R$ 43,5 milhões] nas unidades de Itabuna e Itajuípe, no sul.
 
Já as Indústrias Reunidas Santos Carvalho vão investir R$ 2 milhões para ampliar indústria em Feira de Santana. A unidade da Penalty em Itabuna, que fabrica bolas, receberá investimentos de R$ 31 milhões. A estimativa é que se produza 725,6 mil produtos a mais por ano. Novos 127 empregos devem se somar aos 352 já contratados. Especializada em confecções, meias e equipamentos, a unidade de Itajuípe deve receber R$ 12,7 milhões.
 
Ainda segundo a SDE, com os investimentos, a produção deve aumentar em mais 5,5 milhões de peças por ano, além de gerar 108 novos empregos diretos. Em Feira de Santana, as Indústrias Reunidas Santos Carvalho vai aumentar a produção em mais 195,3 mil fardos/ano, 206 mil litros/ano e 21,8 mil caixas/ano.
 
A unidade industrial é responsável pela fabricação de removedor, querosene, lubrificante KO e óleo de jacarandá, vaselina KO, naftalina, água sanitária, pedra sanitária, prendedor de roupas, hastes flexíveis, palito de churrasco, palito de dente, álcool e cloro em gel. Serão criados 20 empregos e mantidos 16 já existentes.
|