Ernando comenta recuperação e pede que torcida do Bahia apoie Gilberto

Postado dia 12 de Novembro de 2019
Ernando comenta recuperação e pede que torcida do Bahia apoie Gilberto
Após ficar fora por causa de uma lesão de hérnia, o zagueiro Ernando está à disposição do Bahia e pode voltar ao time neste domingo (17), contra o Palmeiras, na Arena  Fonte Nova. Em entrevista coletiva nesta terça-feira (12), o defensor do Esquadrão de Aço comentou o seu processo de lesão, fez agradecimentos e se colocou à disposição do técnico Roger Machado.   "Depois de cinco meses, volto aqui para falar com vocês. Último jogo foi contra o Ceará e logo depois tive a lesão, diagnosticado com hérnia de disco. Teve tratamento com fisioterapia, a gente tentou fazer tratamento convencional e não surtiu muito resultado. Optamos pela cirurgia, e eu só tenho gratidão ao clube, pelo respaldo que me deu, o departamento médico, pessoal da transição física. Estou recuperado, treinando há um bom tempo, sendo relacionado. E agora surge como uma das alternativas por conta da ausência de Juninho. Tem Wanderson, Xandão e Ignácio, que estão treinando há mais tempo que eu. Mas me coloco à disposição caso Roger queira minha escalação. Não tem nada definido. Mas é ter cabeça boa para fazer uma semana de produtividade para conseguir o triunfo", disse.   Um dos mais experientes do grupo, Ernando também comentou a situação do camisa 9 Gilberto, que se envolveu em uma polêmica após declarar que sonha em jogar no Flamengo. Para o zagueiro, o momento é do torcedor apoiar o artilheiro.   "Não cheguei a conversar com ele. Mas ele reconheceu que não foi a melhor hora para falar sobre esse assunto. Ele pediu desculpas, e esperamos que o torcedor possa apoiá-lo dentro de campo. Não tem muito o que falar sobre esse assunto, ele já esclareceu. Espero que o torcedor possa compreender e nos apoiar", indicou.   Para Ernando, o Bahia tem que se espelhar no que já fez de bom dentro do Brasileirão para fechar a competição da melhor maneira possível.   "Não só primeiro tempo contra o Flamengo, mas vários jogos no primeiro turno, que a equipe se mostrou muito organizada, com jogadas variadas de transição. Temos que nos espelhar no que fizemos em todo campeonato para que a gente possa fazer uma reta final melhor. Segundo turno deixamos a desejar. Só dentro de campo, com os resultados, podemos sair dessa situação", completou.
|