Dispensado de reunião com médicos, Mandetta rebate: 'Uma ideia da área de marketing'

01 de Abril de 2020
Dispensado de reunião com médicos, Mandetta rebate: 'Uma ideia da área de marketing'
As divergências entre o ministro da Saúde e a Presidência da República em relação ao combate ao coronavírus parece figurar um novo capítulo. De acordo com o G1, o ministro Luiz Henrique Mandetta, responsável pela pasta, não foi convidado para uma reunião no Planalto, que pretende promover o encontro entre médicos que estão na linha de frente do combate ao novo coronavírus no país.   Segundo a matéria, Mandetta soube da reunião após ser indagado de sua presença por alguns médicos. Surpreso, teria respondido que não iria porque não estava sabendo. O ministro ainda teria alertado o fato de o encontro ser presencial. Acrescenta ainda a repostagem que o ministro, após ter ciência do fato, procurou o ministro da Casa Civil, Braga Neto, comentou o fato e avisou que não aceitaria um chamado de última hora para discutir o uso de cloroquina no combate ao coronavírus, como defende o presidente Jair Bolsonaro e seus familiares.   A reportagem apurou ainda que, a aliados, Mandetta afirmou crer que a reunião seja "uma ideia da área de marketing do Planalto para "bater uma foto" com os principais médicos do país".    O ministro aguarda o desdobramento do chamado para a reunião com médicos e desaconselhou profissionais a comparecerem ao encontro presencialmente. Por videoconferência, não veria problema desde que o tema fosse objetivo, disse o G1.
|