Deputada que invadiu hospital em SP mostrou desconforto em reduzir salário na pandemia

06 de Junho de 2020
Deputada que invadiu hospital em SP mostrou desconforto em reduzir salário na pandemia
Crítica do isolamento social e das medidas adotadas pelo governo de São Paulo no combate à pandemia, a deputada estadual Adriana Borgo (Pros-SP), que chegou a invadir um hospital de campanha, mostrou desconforto por ter que reduzir o próprio salário para redirecionar recursos contra o novo coronavírus.   De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, Adriana, que com o corte de 30% passou a receber R$ 17,7 mil, argumentou em um grupo de WhatsApp com colegas que necessita de seus proventos, pois paga o tratamento médico de uma filha e cuidado pai de 90 anos.    Ainda segundo a coluna, ela, que classificou como "frescura" o uso de equipamentos de proteção contra a Covid-19, sugeriu que os deputados que apoiavam a ideia da redução dos proventos fizessem uma vaquinha para ajudar os demais. "Ao contrário de outros parlamentares, não tenho outra renda. Isso faz falta, sim", disse Adriana, garantindo, no entanto, que votou a favor do corte.
|