Decisão do STF atende pedido de Flávio Bolsonaro e determina suspensão de caso Queiroz

30 de Junho de 2020
Decisão do STF atende pedido de Flávio Bolsonaro e determina suspensão de caso Queiroz
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, decidiu atender ao pedido do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e determinou a suspensão das investigações sobre o parlamentar no Rio de Janeiro.
 
O filho do presidente Jair Bolsonaro apresentou uma reclamação ao STF em  setembro, sob o argumento de que mesmo diante de decisão do presidente do tribunal, Dias Toffoli, as investigações sobre ele prosseguiram. Isso porquê em julho, Toffoli determinou a suspensão de todos os processos e investigações em que houve compartilhamento sem autorização judicial de dados sigilosos detalhados de órgãos de inteligência, como o extinto Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) - hoje Unidade de Inteligência Financeira, lembra reportagem do G1.
 
A reclamação é um tipo de ação que contesta o cumprimento de decisões do Supremo.
 
Na decisão, o ministro Gilmar Mendes sinaliza que Flávio Bolsonaro pediu ao próprio MP e ao TJ a suspensão dos casos para cumprimento da decisão de Toffoli até julgamento definitivo pelo Supremo.
 
A reportagem do G1 também traz que a decisão de Toffoli de suspender os processos atendeu a pedido do senador Flávio Bolsonaro e condicionou a retomada dos casos ao julgamento da questão pelo Supremo. O julgamento já tem data agendada e está previsto para acontecer em 21 de novembro.
|