Coágulos são encontrados em vários órgãos de vítimas da Covid-19

10 de Julho de 2020
Coágulos são encontrados em vários órgãos de vítimas da Covid-19
A presidente do departamento de patologia do Centro Médico Langone da Universidade de Nova York, Amy Rapkiewicz, contou que foram encontrados coágulos em corpos de vítimas fatais da Covid-19 durante autópsia. A revelação foi feita durante entrevista a CNN na noite da última quinta-feira (9).
 
Segundo a patologista, clínicos que acompanhavam diretamente os pacientes no começo da pandemia notaram coágulos em tecidos, nos vasos grandes e nos menores. Algumas pessoas que contraem o novo coronavírus desenvolvem problemas na coagulação do sangue, mas o grau e a extensão da coagulação foi classificado como "dramático" pela especialista. "Apesar de serem esperados nos pulmões, encontramos coágulos em quase todos os órgãos que olhamos na nossa pesquisa", disse. 
 
As conclusões da patologista em um estudo foram publicadas no fim de junho no jornal EClinicalMedicine, da revista científica The Lancet. As análises também mostraram que os megacariócitos, como são chamadas as grandes células de medula óssea, foram encontrados no coração, rins, fígado e outros órgãos. "Normalmente, elas não circulam fora dos ossos e pulmões", comentou Rapkiewicz.
 
A especialista disse que as células foram encontradas principalmente no coração. "Megacariócitos produzem plaquetas, que estão ligadas proximamente à coagulação do sangue". Os pesquisadores tentam descobrir como essas células influenciam a coagulação de vasos menores nos pacientes de Covid-19.
 
Nas primeiras fases da pandemia, os médicos suspeitaram que o vírus provocava inflamação no miocárdio, um músculo cardíaco. Mas as autópsias encontraram baixa incidência dessas miocardites. Rapkiewicz disse que os patologistas tem tido a chance de examinar órgãos de várias vítimas da Covid-19 e investigar os processos da doença. Ela disse que isso não era possível com o H1N1 ou com a epidemia original de Sars.
|