Chorrochó: Com toque de recolher e lockdown, prefeitura tenta controlar Covid-19

03 de Julho de 2020
Chorrochó: Com toque de recolher e lockdown, prefeitura tenta controlar Covid-19
O município de Chorrochó, na divisa com Pernambuco,  determinou toque de recolher e lockdown [fechamento]. As medidas têm como objetivo controlar o contágio do novo coronavírus.  De acordo com a prefeitura, o toque de recolher que teve início nesta quinta-feira (2) vai durar 15 dias, entre o período da sede e o da zona rural. No período, fica proibida a circulação de pessoas nas vias públicas entre as 18h e 6h do dia seguinte. A medida vale para a sede, no distrito de Barra do Tarrachil e nos povoados de Caraíbas, Várzea da Ema e São José.
 
Em relação ao lockdown, a sede do município ficará fechada entre a 0h de sábado (4) e 23:59hs da quarta-feira (8). Já no distrito e povoados, o lockdown começa no dia 9 e vai até o dia 13 de julho.  No período, o funcionamento só será permitido para postos de saúde (casos de urgência e emergência) e farmácia básica de 8h às 14h; farmácias e postos de gasolina de 7h às 17h; padaria (delivery) de 6h às 10h. O Hospital Municipal e o Samu seguem com atendimentos por 24 horas. O último boletim municipal desta quinta-feira (2), apontava que Chorrochó tinha três casos de Covid-19.
|