Cachês de Léo, Parangolé e Psirico para tocar no Carnaval de Salvador são divulgados; veja

11 de Fevereiro de 2020
Cachês de Léo, Parangolé e Psirico para tocar no Carnaval de Salvador são divulgados; veja
Parte do valor investido pela prefeitura para pagar algumas das atrações do Carnaval de Salvador 2020 - divulgadas na última semana (relembre aqui) - foi publicada no Diário Oficial do Município desta terça-feira (11).    O cantor Léo Santana, por exemplo, foi contratado por R$ 450mil para realizar duas apresentações durante o período. De acordo com a prefeitura, ele receberá R$ 200 mil para comandar o Pipoco, evento pré-carnavalesco que acontecerá no dia 18 de fevereiro, e R$ 250 mil para puxar o trio na segunda (23) de Carnaval.    Outro destaque da festa é a banda Psirico, que fechou três apresentações com a Empresa Salvador Turismo (Saltur), e receberá R$ 470mil, sendo R$ 90 mil para o dia 22, na Boca do Rio, como parte da programação do Carnaval dos Bairros, e R$ 190 mil por cada apresentação que fará na Barra nos dias 22 e 23 de fevereiro. Já o Parangolé embolsará R$ 190 mil para puxar o trio no o dia 21 de fevereiro, também na Barra.    Por outro lado, o projeto Mudei de Nome reservou quatro datas para a festa pela Prefeitura e receberá R$ 320 mil,  sendo R$ 80 mil por apresentação. Eles estarão nos dias 16 e 20 na folia da Barra e 23 e 25 no Campo Grande.  Por fim, a cantora Larissa Luz receberá R$ 30 mil para se apresentar no Furdunço, que acontece neste domingo (16).   Por outro lado, o projeto Mudei de Nome reservou quatro datas para a festa pela Prefeitura e receberá R$ 320 mil,  sendo R$ 80 mil por apresentação. Eles estarão nos dias 16 e 20 na folia da Barra e 23 e 25 no Campo Grande. Por fim, a cantora Larissa Luz receberá R$ 30 mil para se apresentar no Furdunço, que acontece neste domingo (16).
|