Brumadinho: Número de mortos chega a 165 e 155 pessoas permanecem desaparecidas

Postado dia 11 de Fevereiro de 2019
Brumadinho: Número de mortos chega a 165 e 155 pessoas permanecem desaparecidas
Com a continuidade do trabalho de resgate em Brumadinho, a Defesa de Civil de Minas Gerais atualizou os números de vítimas do rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão. Agora, o total de mortos chega a 165, mas 160 corpos já foram identificados. Outras 155 pessoas continuam desaparecidas e 393 foram localizadas.   Esses dados foram divulgados pelo tenente coronel Flávio Godinho, no início da tarde desta segunda-feira (11).   Em coletiva de imprensa, ele também atualizou os números sobre a remoção de moradores que vivem próximos às barragens de Barão de Cocais e Itatiaiuçu - eles foram retirados de suas casas na sexta (8) por risco de desabamento nas minas Gongo Soco e Serra Azul, respectivamente (saiba mais aqui).   No caso da primeira cidade, 492 pessoas foram retiradas das comunidades, sendo que 208 estão abrigadas na casa de parentes e o restante em hotéis. Já em Itatiaiuçu, 166 pessoas continuam em hotéis pagos pela ArcelorMittal, que também está fornecendo transporte para o trabalho e para escolas, além de acompanhamento dos animais dos moradores.
|