'Borracheiro-latifundiário se entrega à Polícia Federal, presta depoimento e é liberado

Postado dia 27 de Novembro de 2019
'Borracheiro-latifundiário se entrega à Polícia Federal, presta depoimento e é liberado
Citado com um dos maiores latifundiários do oeste da Bahia, José Valter Dias se entregou à Polícia Federal (PF) na noite desta terça-feira (26). Valter Dias, suspeito de grilagem de terras, tinha tido a prisão temporária decretada na sexta-feira (22) pelo ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Desde então era considerado foragido.   Conhecido como "borracheiro", ele se apresentou na Superintendência da PF em Teresina, no Piauí. Segundo O Globo, José Valter Dias prestou depoimento e depois foi solto por determinação do Supremo Tribunal de Justiça (STJ). A Corte entendeu que não havia motivos para a prisão temporária já que ele tinha se apresentado.   José Valter Dias se tornou um dos maiores latifundiários do país, por ter adquirido uma fazenda de 360 mil hectares no oeste baiano sob circunstâncias consideradas suspeitas pela Procuradoria Geral da República (PGR). Ele foi um dos alvos da Operação Faroeste que revelou um esquema de venda de sentenças de desembargadores do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) (ver aqui).
|