Bolsonaro 'é contra isolamento que vai prejudicar emprego e causar fome', diz Braga Netto

15 de Maio de 2020
Bolsonaro 'é contra isolamento que vai prejudicar emprego e causar fome', diz Braga Netto
  Durante coletiva do balanço dos 500 dias de governo, o ministro da Casa Civil, Walter Braga Netto, assegurou que o presidente da República Jair Bolsonaro "não ignora a ciência", e que "ele acata as recomendações e protocolos".    Após questionamentos de jornalistas sobre a o motivo da saída do ministro da Saúde Nelson Teich do comando da pasta nesta sexta-feira (15), Braga Netto criticou a imprensa por "focar em melindres, tendo oportunidade de fazer perguntas mais esclarecedoras". O ministro bolsonarista negou que a saída de Teich esteja relacionada à discordância do ex-ministro sobre o uso da cloroquina no tratamento da Covid-19 em todos os cenários.    O ministro da Casa Civil garantiu que Bolsonaro "não é contra isolamento, é contra isolamento que vai prejudicar emprego e causar fome lá na frente".    Sobre a possível fragilidade do Ministério da Saúde após a demissão de dois ministros em menos de um mês, o general assegurou que "a máquina não para", e que haveria motivo para preocupação apenas "se o presidente trocar o ministério inteiro".
|