Barra do Choça: Prefeitura e Câmara Municipal têm dívida de R$ 56,6 mi com previdência

Postado dia 11 de Julho de 2019
Barra do Choça: Prefeitura e Câmara Municipal têm dívida de R$ 56,6 mi com previdência
A prefeitura e a Câmara de Vereadores de Barra do Choça, município baiano próximo a Vitória da Conquista, devem, juntas, estupendos R$ 56,6 milhões à Previdência Social. A dívida é a maior entre os municípios da Bahia que, no total, acumulam aproximadamente R$ 360 milhões de débitos com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) (saiba mais aqui). A conta faz parte do desequilíbrio da seguridade social que motiva o debate sobre a reforma previdenciária no país.    Enquanto a prefeitura de Barra do Choça deve R$ 56,3 milhões à União, a Câmara de Vereadores também lidera a lista de devedores na Bahia entre os Legislativos Municipais. Os débitos da Casa são de R$ 319 mil.    Os números disponibilizados pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) apontam um aumento de R$ 6 milhões na dívida do município administrado pelo prefeito Adiodato José de Araújo (PSDB) nos últimos dois anos. Em abril de 2017, um levantamento do BN mostrou que Barra do Choça já devia R$ 50 milhões (veja aqui).    O prefeito da cidade já foi multado pelo desequilíbrio das suas contas (leia aqui). Em abril deste ano, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) multou Adiodato José de Araújo em R$ 67,2 mil por extrapolar o gasto com pessoal no município. O relatório técnico do TCM apontou que Barra do Choça gasta mais do que arrecada. São R$ 4,1 milhões de défict na cidade que arrecadou, em 2018, R$ 70,3 milhões, mas gastou R$ 74,5 milhões. 
|