Aumento do número de ambulantes não foi no Circuito Barra-Ondina, garante prefeitura

24 de Fevereiro de 2020
Aumento do número de ambulantes não foi no Circuito Barra-Ondina, garante prefeitura
A polêmica envolvendo o número de licenças de ambulantes para o Carnaval 2020 esquentou os ânimos entre a prefeitura de Salvador e a secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). Após a crítica do titular da pasta, Maurício Barbosa, o prefeito de Salvador rebateu a declaração (veja aqui) e uma guerra de informações passou a circular nos bastidores. A prefeitura, no entanto, garante que não houve aumento do número de ambulantes no Circuito Barra-Ondina, alvo da crítica de Barbosa.   A SSP-BA utiliza trecho de uma nota divulgada pela Secretaria de Comunicação do Palácio Thomé de Souza em que consta um aumento do número de 1 mil licenças para o Carnaval 2020 para questionar a declaração do prefeito. "Foram realizados 4.500 credenciamentos, divididos entre vendedores de bebidas, foodtruck, baiana de acarajé, carrinho de lanche, carro de gelo e isopor. Os permissionários ficarão instalados nos três circuitos oficiais da festa. O número de licenças foi ampliado graças a um estudo feito pela secretaria - ano passado foram 3,5 mil", diz o trecho da publicação, de 4 de fevereiro (veja aqui).   "No Circuito Dodô não houve aumento de um ponto sequer de ambulante. As licenças concedidas envolvem tudo: Campo Grande, Bairros, Palcos Temáticos, etc.", afirmou a prefeitura, após questionamento do BN. A prefeitura, todavia, assegura que não há novos ambulantes no Circuito Dodô.
|