Após reajuste para o STF, presidente do Senado nega armar pauta-bomba

Postado dia 08 de Novembro de 2018
Após reajuste para o STF, presidente do Senado nega armar pauta-bomba
O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB), negou nesta quinta-feira (8) que a Casa esteja armando pautas-bomba para o próximo governo ao aprovar o reajuste para os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Cálculos de técnicos da Câmara indicam que a medida deve provocar um impacto de R$ 4 bilhões para a União e os estados.   "Não há nenhuma pauta-bomba. Não há nenhum exagero, para, amanhã, não sermos acusados, mais uma vez, de que nós estamos no final de mandato e que estamos fazendo aqui pautas-bombas para qualquer outro governo", declarou Eunício durante a sessão do Senado. A Casa aprovou o reajuste para os ministros do STF nesta quarta (7).   O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse antes da aprovação do reajuste que via com preocupação o aumento para os ministros do STF. "Estamos em uma fase em que ou todo mundo tem ou ninguém tem. Nós sabemos que o Judiciário é o mais bem aquinhoado entre os Poderes. A gente vê com preocupação", comentou.
|