Após boas atuações, Nino revela que ganhou mais liberdade com mudança tática de Roger

Postado dia 19 de Abril de 2019
Após boas atuações, Nino revela que ganhou mais liberdade com mudança tática de Roger
O lateral-direito Nino Paraíba atribuiu sua recente subida de produção à chegada do técnico Roger Machado. Bastante criticado pela torcida anteriormente, o jogador foi o destaque do Tricolor nas duas últimas partidas, principalmente na goleada por 4 a 0 sobre o Londrina, nesta quinta-feira (18), em que marcou um gol e deu o passe para outro.   "O Roger chegou e deu mais liberdade para a gente lateral. Conseguimos chegar mais na frente. Na outra, eu ficava um pouco na linha de três e o Moisés apoiava um pouco mais. Mas agora o nosso time todo deu o melhor dentro de campo. O Roger falou que se cada um se dedicasse mais do que o jogo passado, a gente sabia que podia fazer um bom resultado", afirmou em entrevista ao BN.   Nino destacou a importância da boa sequência que tem emplacado, principalmente na visão do torcedor. Ele teve o nome cantado nas arquibancadas da Fonte Nova contra o Londrina.    "Para mim é muito importante. A gente sabe que é difícil, desde janeiro sendo cobrado por uma coisa que eu sei que posso dar mais. Mas está tudo encaminhando, dando certo, meus companheiros estão me dando força em cada jogo. Graças a Deus agora começaram a sair os gols e dar passe", disse.   Após a eliminação na Copa do Nordeste, na derrota para o Sampaio Corrêa, o Bahia emplacou quatro jogos sem perder, sendo dois triunfos, ambos pela Copa do Brasil. No próximo domingo (21), o time decide o título do Campeonato Baiano com o Bahia de Feira, na Fonte Nova. Depois, faz o segundo jogo da quarta fase da Copa do Brasil com o Londrina. Em seguida, o Tricolor estreia no Brasileirão diante do Corinthians, em casa, no dia 28 de abril. Nino vibrou com a boa sequência da equipe baiana que parece entrar nos trilhos, após um primeiro semestre irregular.   "Para a gente é muito bom. Conseguimos fazer uns bons jogos para quando chegar no Brasileiro a gente começar bem. Sabemos que vai ser difícil, mas dentro de casa temos que fazer o dever de casa. Agora é pensar no Bahia de Feira domingo e esperar sair com o título", falou.   Na decisão do Baiano, o confronto entre Bahia e Bahia de Feira está aberto e quem vencer conquista o título. Enquanto o empate leva a disputa para os pênaltis. Já na Copa do Brasil, a situação é bem mais confortável, o Tricolor pode perder por até três gols de diferença para avançar de fase.
|