25 de Março de 2020

Acusado de assédio, Pyong recebe intimação e prestará depoimento após fim de pandemia

Acusado de assédio, Pyong recebe intimação e prestará depoimento após fim de pandemia

Pyong Lee recebeu uma intimação para prestar depoimento na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, no Rio de Janeiro. O pedido de comparecimento à repartição surgiu após ele ser acusado de ter assediado as sisters Marcela e Flayslane em uma festa no "Big Brother Brasil 20".  Segundo informações da colunista Patrícia Kogut, do O Globo, a ida do ilusionista até a delegacia acontecerá somente após o fim da pandemia do novo coronavírus. Pyong, assim que saiu do reality, foi para o isolamento domiciliar com a esposa Sammy Lee e o filho recém-nascido Jake. Outro empecilho, que envolve a definição de uma data para o depoimento, está no fato dele morar em São Paulo.  De acordo com a delegada titular da Deam de Jacarepaguá, Catarina Noble, será apurado no depoimento o que aconteceu na festa realizada no dia 9 de fevereiro envolvendo o hinólogo. Na ocasião, ele teria apalpado Flayslane e tentou beijar Marcela. Um dia após o fato, os três confinados foram chamados ao confessionário para relatarem sobre o assunto com a produção.  Nesta edição, já é o segundo participante que foi intimado a depor sobre acusações de assédio. No início do "BBB 20", o ginasta Petrix Barbosa também foi notificado para prestar esclarecimentos na mesma delegacia. Na época, um inquérito foi aberto para apurar as acusações dele ter assediado as participantes Bianca Andrade (Boca Rosa) e Flayslane em duas situações distintas (relembre aqui).  Pyong é acusado de tentar beijar Marcela a força | Foto: Reprodução / TV Globo   O brother também é acusado de apalplar Flayslane | Foto: Reprodução / Instagram


Tags Relacionadas

acusado, assédio, pyong, recebe, intimação, prestará, depoimento, após, fim, pandemia,

Últimas notícias