Rosemberg coloca cargo à disposição e deve deixar liderança do PT na AL-BA

Postado dia 12 de Janeiro de 2017
Rosemberg coloca cargo à disposição e deve deixar liderança do PT na AL-BA
O deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) não deve continuar na liderança do PT na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). No cargo desde o final de 2014, o petista informou ao BN que comunicou aos pares que não pretende continuar na função. "Meu prazo vai encerar agora em fevereiro. Eu já coloquei o cargo à disposição e estamos construindo consensos para substituição no cargo. Eu vou para uma outra posição. Nós temos uma espécie de rodízio dentro do PT e isso eu pretendo preservar", justificou. Sobre seu futuro, contudo, Rosemberg preferiu não dar detalhes. A bancada da sigla só deve se reunir no final do mês, às vésperas do fim do recesso parlamentar, que termina no dia 1º de fevereiro. No encontro, será definida não só a liderança, como os demais cargos da legenda na Casa. "Não discutimos ainda [qual será meu cargo]. São vários. Tem presidências de comissão, tem vice-liderança de governo, tem também na Mesa Diretora da Casa. Então tem um leque de oportunidades que nós vamos discutir para acomodar todos os deputados", explicou. Nos bastidores, a sugestão é de que o atual líder do grupo deve pleitear uma vaga na Mesa Diretora, na chapa do atual presidente e candidato à reeleição, Marcelo Nilo (PSL). Mesmo assim, o próprio Rosemberg admite que tudo só será definido de forma concreta no dia 1º. "Porque vai depender muito da conformação das eleições globais da Casa. A nossa posição já está definida. O PT entendeu que esse momento é de muita turbulência política e a gente acha que não deveria mexer na Assembleia nesse momento, pra evitar inclusive descontinuidade", defendeu.
|
Pesquisar