Félix Mendonça Jr nega que descontos no Refis seja legislação em causa própria

Postado dia 16 de Abril de 2018
Félix Mendonça Jr nega que descontos no Refis seja legislação em causa própria
O deputado federal baiano Félix Mendonça Júnior (PDT) negou que a aprovação da medida provisória (MP), no último ano, que cedeu descontos a parlamentares no Programa de Refinanciamento de Dívidas (Refis) tenha sido uma ação de legislação em causa própria (saiba mais aqui). "Quando a gente faz a lei da reforma da previdência também estamos legislando em causa própria", questionou Félix Jr. "Eu voto contra aquilo que é prejudicial ao trabalho. Mas, se algo afeta positivamente a redução dos impostos, eu voto a favor. Favorecendo ou não empresas que possam estar vinculadas a minha família", completou o parlamentar. Também beneficiado pelo programa, Félix irá poder parcelar em até 150 vezes, segundo a Valor, dívidas da sua empresa com a União. "O Brasil precisa de redução de impostos. Precisamos acelerar a máquina", comentou. A maior parte das dívidas reduzidas pelo Refis são compostas de juros e multas. "É como se um agiota cobrasse de um devedor", comparou o deputado. Sobre a sugestão da publicação de que o governo Michel Temer (PMDB) teria deixado passar a reformulação do Refis como forma de conseguir apoio para a Reforma da Previdência, Félix Mendonça Júnior foi categórico: "Se o governo fosse contra, o governo não aprovava".
|