Feira: Paciente com leishmaniose aguarda transferência há 1 semana

Postado dia 16 de Maio de 2018
Feira: Paciente com leishmaniose aguarda transferência há 1 semana
Um paciente com leishmaniose visceral, popularmente chamada de "Calazar", espera há uma semana ser transferido de uma policlínica de Feira de Santana. O paciente, que não teve a identidade revelada, está internado desde a última quinta-feira (10), na policlínica do bairro do Tomba. Ao Acorda Cidade, o diretor da unidade, José Pires Leal, disse que faz contatos diários com a central de regulação do estado, mas até o momento não obteve resposta da transferência. Segundo o diretor da policlínica, o homem está com as plaquetas sanguíneas baixas e deve necessitar de transfusão de sangue. Ele está em leito de isolamento por precisar de cuidados especiais. O diretor ainda informou que a central de regulação pode indicar a transferência tanto para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) quanto para outro hospital da Bahia que tenha vagas. No dia 10 de abril, outro morador da cidade morreu vítima da doença. A vítima tinha a doença há seis meses e demorou a procurar atendimento, o que pode ter agravado o caso. Ele foi levado por familiares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Mangabeira, com estágio avançado, mas teve o pedido de regulação estadual negado e morreu no dia seguinte à solicitação.
|