Cláudio Prates valoriza dedicação do Bahia e exalta Mena: 'Tem trabalhado muito'

Postado dia 14 de Junho de 2018
Cláudio Prates valoriza dedicação do Bahia e exalta Mena: 'Tem trabalhado muito'
Interino no comando do Bahia, Cláudio Prates deixou o gramado da Arena Fonte Nova muito satisfeito após o triunfo de 1 a 0 sobre o Corinthians na noite desta quarta-feira (13), pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em sua análise da partida, o treinador apontou superioridade da equipe nos jogos sob o seu comando e destacou o empenho do seus atletas no resultado positivo sobre o alvinegro paulista.   "A minha função no clube é dar o melhor, ou fazendo uma transição ou permanência de forma tranquila. Nos três jogos conseguimos ser superiores. Sempre tivemos mais finalizações, chegamos mais, mas a bola não tava entrando. Hoje a nuvenzinha saiu e o Mena acertou um belo chute. Sempre sendo honesto com os atletas, que estão se dedicando, e feliz de ver a torcida com a mística, no final de jogo suado, desgastante. Não é o que a gente quer e o que galgamos no campeonato, mas estamos melhores animicamente", indicou.   Prates revelou uma preleção especial para os jogadores que não entram em campo com frequência e valorizou o chileno Mena, que entrou no segundo tempo para marcar o único gol da partida, que encerrou um jejum de quatro partidas sem triunfos do Tricolor na competição nacional.   "O Mena tem trabalhado muito e minha preleção foi em cima de jogadores que estavam fora do grupo. E o Mena é um caso que a gente sempre exalta pelo profissionalismo. Ele, Nilton, Allione, Vinícius... Nos ajudam muito. Esse chute não foi de graça. Todo mundo questiona quando se coloca um lateral precisando ganhar o jogo. O Mena tem três semanas treinando comigo na linha da frente. Ele tem exercido essa função para dar equilíbrio ao Léo. Ele teve três chances e não foi por acaso. A gente procura fazer o melhor. Hoje ele foi feliz por mérito dele e conseguimos essa vitória. Feliz por ele e pelo grupo", disse.   O auxiliar técnico também fez agradecimentos aos funcionários e disse estar saindo "honrado" do posto de comandante. A tendência é de que um novo técnico seja anunciado para a sequência da temporada.   "Vim agradecer ao pessoal da base, que me ajudam. Os roupeiros... Sabem do nosso dia a dia. Hoje sou vitrine, mas geralmente estou por trás e essa retaguarda sempre fiz com ética e profissionalismo. Por isso o Bahia me colocou nessa posição. Só eles e nossa família sabem. O mérito é todo do pessoal da retaguarda e dos atletas. Eu não vim de hoje, estou lutando. As coisas acontecem naturalmente, me sinto bem no que exerço e tenho essa função valorizada. Saio dessa função honrado e feliz com que os jogadores tem feito", decretou.   Com 12 pontos, o Bahia ocupa o 17º lugar da competição nacional. A equipe volta a jogar pelo certame no dia 19 de julho, contra a Chapecoense.
|